Antiestreptolisina O – AEO

7 mar 2012 A, Exames

Comentários

A antiestreptolisina O (AEO) elevada indica infecção por estreptococos beta-hemolíticos, mas de forma isolada não permite o diagnóstico de febre reumática ou glomerulonefrite difusa aguda (GNDA). Os valores de referência da AEO podem variar de acordo com a idade, estação do ano, região geográfica e nível socioeconômico da população.

Títulos em elevação durante determinações seriadas são mais significativos que uma única determinação. Nas infecções estreptocócicas, AEO é detectado em 85% das faringites, 30% das piodermites e 50% das GNDA. Na febre reumática, 80% dos casos apresentam AEO elevada 2 meses após início do quadro, 75% em 2 meses, 35% em 6 meses e 20% em 12 meses. Em casos de coréia, os níveis de AEO podem estar no valor de referência. Falso- positivos podem ocorrer em pacientes com tuberculose, hepatites e esquistossomose.

Método

Nefelometria

Condição

0,5mL de soro.

Jejum Obrigatório 8h.

Deixe um comentário

Search

+