Cryptococcus neoformans, pesquisa direta

11 mar 2012 C, Exames

Comentário

A criptococose atinge primariamente os pacientes com imunodeficiências das células T, principalmente os portadores de SIDA e neoplasias. O Criptococo é uma levedura encapsulada. Sua infecção inicia-se nos pulmões, sendo geralmente assintomática e totalmente resolvida em imunocompetentes. Em imunodeprimidos, a infecção freqüentemente dissemina-se para ossos, rins, fígado, pele, e, em especial, pelo sistema nervoso central. O exame microscópico direto permite diagnóstico rápido do Criptococo no líquor (meningites) e outros materiais (escarro, lavado broncoalveolar, etc).

Método

Microscopia.

Condição

2,0mL de líquor; escarro; lavado broncoalveolar e outros.

Deixe um comentário

Search

+