Ureaplasma sp., cultura

16 mar 2012 Exames, U

Comentário

O Ureaplasma urealyticum é membro da classe dos micoplasmas, os menores organismos de vida livre conhecidos. A principal síndrome associada à infecção pelo U. urealyticum é a uretrite não-gonocócica (UNG). A maioria dos casos de UNG é causada pela C. trachomatis, sendo o U. urealyticum responsável por 20% a 30% dos casos restantes. Em mulheres, pode levar a complicações como salpingite, endometrite e corioamnionite. Prostatite e epididimite têm sido associadas a este agente em homens. Está associado com inflamação, parto prematuro, septicemia, meningite e pneumonia no recém-nascido. Em pacientes imunocomprometidos, o U. urealyticum tem sido associado com artrite, osteomielite, pericardite e doença pulmonar progressiva. Veja também Ureaplasma PCR e Doenças sexualmente transmissíveis PCR.

Método

Isolamento em meios de cultura.

Condição

Secreção uretral, vaginal, swab endocervical, esperma ou 1º jato urinário.

Material uretral: colher antes da primeira urina do dia ou permanecer no mínimo 4 horas sem urinar.

Urina: primeiro jato da primeira urina matinal. Obs.: a sensibilidade da amostra colhida na uretra é bem maior que a do 1º jato de urina.

Material endocervical: não estar menstruada ou fazendo uso de medicações tópicas.

Preferencialmente, não ter feito uso de antimicrobianos nos últimos 7 dias.

Deixe um comentário

Search

+