Hemossiderina

18 mar 2012 Exames, H

Comentários

É um teste sensível para a avaliação da reserva medular de ferro e como auxílio à interpretação do mielograma. É útil também para pesquisa de sideroblastos em anel que ocorrem nos casos de anemia refratária, anemias sideroblásticas congênitas e adquiridas, alcoolismo, leucemia mielóide aguda e outros. Os resultados devem ser interpretados à luz da história clínica e são liberados em percentual de sideroblastos e sideroblastos em anel em relação aos eritroblastos. Podem também ser utilizados parâmetros semi”quantitativos, variando de 1+ a 4+:

1+/4+ ferro medular diminuído

2+/4+ e 3+/4+ ferro medular normal

4+/4+ ferro medular aumentado

Método

Coloração pelo Azul da Prússia

Condição

Enviar 2 esfregaços de lâminas de aspirado medular (sem corar) com cópia do hemograma e dados clínicos disponíveis.

Para coleta, agendar antecipadamente no laboratório.

Deixe um comentário

Search

+