Parvovírus B19, anticorpos IgG e IgM

29 mar 2012 Exames, P

Comentários

A infecção pelo parvovírus é comum, sendo que 50% dos adultos são soropositivos. Pode ser assintomática ou causar quadro clínico variado: eritema infeccioso, artropatias e crise aplástica transitória em pacientes com anemia hemolítica crônica. Na gravidez pode causar hidropsia e perda fetal. Imunodeprimidos podem ter infecção arrastada resultando em anemia crônica, com títulos baixos ou ausentes de anticorpos. A IgM específica surge na segunda semana após infecção viral podendo ser detectada por 4 a 6 meses. A IgG surge ao final da segunda semana persistindo por anos. No eritema infeccioso e na artropatia, o quadro clínico é concomitante com o aumento dos anticorpos, entretanto, a crise aplástica precede em dias o surgimento dos anticorpos. Reinfecções podem ocorrer em pessoas com títulos baixos de IgG.

Método

Imunoensaio enzimático

Condição

0,3mL de soro para cada.

Jejum Obrigatório 8h.

Deixe um comentário

Search

+